Apresentação

“Na Idade Média, não havia propriamente gastronomias nacionais, mas também não existia propriamente nacionalismo. À medida que as nações foram emergindo, povos e governos deram-se a grandes esforços no sentido de se distinguirem, e apesar de todas as nações terem acesso aos mesmos ingredientes, os seus modos de preparação tornaram-se características diferenciadoras, emergindo simultâneamente as especialidades «nacionais».”
In Uma História Saborosa do Mundo de Kenneth F. Kiple

PALATO é um projeto integrado na RIZOMA, que conecta experiências de criação artística e científica nos domínios da Arte, Gastronomia, e do Património.
Na linha de cruzamento entre criação artística e atividade científica, procuramos não só abordar temas relacionados com Arte, Gastronomia e Património material e imaterial, como também estender esse cruzamento a outras ciências, ligando pessoas e iniciativas que se identifiquem connosco e que tenham o palato apurado em sinestesia com o nosso menu.

Centrados num olhar criativo sobre o território português e suas ligações com outras geografias, nomeadamente o arco Mediterrânico e o triângulo Europa, a América Latina e África, realizamos já um conjunto de ações em vários monumentos.

Em 2013 estivemos nos Monumentos Megalíticos de Alcalar (3200-1200 a.C.), na Villa Romana de Milreu (século III), nas Muralhas de Lagos (época dos descobrimentos), no Castelo de Aljezur (século XII à 1ª metade do XIII – Domínio Islâmico) e no Palácio de Estói (séc. XVIII).

Ações como COZINHANDO NA PAISAGEM e TAVOLO desenvolvem a criação artística em diálogo com as ciências, trabalhando com a Gastronomia, abordando criativamente os seus processos técnicos e as suas representações culturais e sociais. PALATO assume-se também como uma plataforma que conflui numa posição activista da Cultura Digital Livre, pois acreditamos ser possível olhar as redes digitais para além da sua função mediática e divulgativa, integrando-a no processo de criação artística.

Nesse sentido, as nossas atividades são transmitidas em direto com uma plataforma de chat onde se mapeia a atividade do público virtual. Dessa transmissão resulta um arquivo on-line que fica disponível para visualização no Canal PALATO. Esse material de recolha é objeto de investigação, e serve como ponto de partida para criar novas obras e outros processos de criação artística.

Comments are closed